MARTINE FRANCK

Foto: Henri Cartier-Bresson/Magnum Photos

Foto: Henri Cartier-Bresson/Magnum Photos

Martine Franck (1938-2012) foi uma fotógrafa Belga criada entre Estados Unidos e Londres. Membro da Agência Magnum, Martine ficou conhecida por fazer retratos, reportagens documentais e registrar cenas cotidianas.

Martine estudou história da arte na Universidad Complutense de Madrid e na L’École du Louvre. O interesse pela fotografia se manifestou em uma viagem ao Oriente quando com sua Leica passou a registrar cenas que despertaram sua atenção. Ao retornar a Paris, em 1964, mostrou as imagens para Time/Life e foi contratada como estagiária, se tornando assistente dos fotógrafos Eliot Elisofon e Ojon Mill até se tornar fotógrafa independente.

Martine Franck foi casada com Henri Cartier-Bresson, os dois se uniram em 1970. Ter como companheiro um grande nome da época era um desafio para Martine que buscava não desaparecer a sombra do marido. Em 1970, ela teve sua primeira exposição individual em Londres. Nos convites do lançamento estava escrito que Henri Cartier-Bresson estaria presente, o que fez com que ela cancelasse o evento.

Martine Franck trabalhou como freelancer para publicações como a Life, Fortuna e Vogue. Na Vogue realizou uma série de retratos de mulheres, além de fotografar escritores e pintores. Martine também se destacou por fazer inúmeras reportagens importantes, como a da Ilha de Tory, localizada na Irlanda, em que fotografou o cotidiano de uma comunidade gaélica.

Franck registrou também o nascimento do Théâtre do Soleil, além de imagens icônicas de cenas cotidianas. Franck dizia que “uma boa foto é aquela que abre sua imaginação, que traz emoção”. Pensamento que se refletia em suas imagens. A fotógrafa tinha como inspirações mulheres como Julia Margaret Cameron, Dorothea Lange e Margaret Bourke-White.

Em 1970, Martine Franck entrou para Agência Vu, dois anos depois se tornou co-fundadora da agência Viva. Em 1983, a fotógrafa se tornou membro plena da agência Magnum. Ela foi uma das poucas mulheres aceitas na época e que, mais tarde, atuou como vice-presidenta. Também foi co-fundadora e presidente da Fondation Henri Cartier-Bresson, em que exerceu um papel essencial ao garantir que a obra do seu marido sobrevivesse.

Livraria para Crianças. Construído pelo "Atelier de Montrouge": Jean Renaudie, Pierre Riboulet, Gerard Thurnauer e Jean-Louis Veret. França, 1965. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Livraria para Crianças. Construído pelo “Atelier de Montrouge”: Jean Renaudie, Pierre Riboulet, Gerard Thurnauer e Jean-Louis Veret. França, 1965. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

As muralhas do convento Souzdael. Rússia, 1972. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

As muralhas do convento Souzdael. Rússia, 1972. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Praia "Les Petites Dalles". Região Haute-Normandie. França, 1973. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Praia “Les Petites Dalles”. Região Haute-Normandie. França, 1973. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato da escritora Patricia Highsmith. França, 1974. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato da escritora Patricia Highsmith. França, 1974. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Lar de idosos. Cidade de Ivry-Sur-Seine na região da França, 1975. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Lar de idosos. Cidade de Ivry-Sur-Seine, região da França, 1975. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Pintor Avigdor AriKha em seu estúdio. França, 1976. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Pintor Avigdor AriKha em seu estúdio. França, 1976. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Cidade "Le Brusc". Piscina projetada por Alain Capeilleres. França, 1976.

Cidade “Le Brusc”. Piscina projetada por Alain Capeilleres. França, 1976. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Carnaval França, 1976. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Carnaval, França, 1976. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

O "Grande Arche de la Défense" (zona comercial e financeira), França, 1989. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

O “Grande Arche de la Défense” (zona comercial e financeira), França, 1989. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson. França, 1992. © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson. França, 1992. © Martine Franck/Magnum Photos

Um Cemitério de Carros Roubados, Ireland/Dublin, 1993. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Um Cemitério de Carros Roubados, Ireland/Dublin, 1993. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Shechen Monastery. Tulku Khentrul Lodro Rabsel com seu tutor Lhagyel. Nepal, 1996. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Shechen Monastery. Tulku Khentrul Lodro Rabsel com seu tutor Lhagyel. Nepal, 1996. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Théatre du Soleil. Peça "Le dernier Caravanserail". França, 2003. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Théatre du Soleil. Peça “Le dernier Caravanserail”. França, 2003. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato do pintor Pierre Alechinsky. França, 2004. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

Retrato do pintor Pierre Alechinsky. França, 2004. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

La Cartoucherie de Vincennes. Théatre du Soleil. Peça "Le dernier Caravanserail". França, 2006. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

La Cartoucherie de Vincennes. Théatre du Soleil. Peça “Le dernier Caravanserail”. França, 2006. Foto: © Martine Franck/Magnum Photos

BIBLIOGRAFIA

Etienne Martin, Sculpteur. Editions La Connaissance, Bruxelles, 1970.

La Sculpture de Cardenas. Editions La Connaissance, Bruxelles, 1971.

Le Théâtre du Soleil : 1789. Théâtre ouvert / Stock, Paris

Le Théâtre du Soleil : 1793. Théâtre ouvert / Stock, Paris, 1972.

Martine Franck. Editions Contrejour, Biarritz, 1976.

Martine Franck. Les Lubérons. Chêne, Paris, 1978.

Martine Franck. Le Temps de Vieillir. Coleção journal d’un voyage. Denoël-Filipacchi, Paris, 1980.

Martine Franck. Catálogo Galerie Municipale du Château d’Eau, Toulouse, 1982.

Martine Franck. Coleção I Grandi Fotografi. Gruppo Editoriale Fabbri, Milan.

Martine Franck. Des Femmes et la création (photographies). Maison de la Culture du Havre, 1983.

La BPI en toute liberté. Ed du Centre Pompidou / BPI, Paris, 1986.

De temps en temps. Les petits frères des Pauvres, Paris, 1988.

Portraits. Editions Trois-Cailloux, Amiens.

Collège de France. Figures et travaux. Imprimerie Nationale / Paris Audiovisuel, Paris, 1995.

Jean Giono. « The Man who planted trees ». Limited Editions Club, New York.

Martine Franck : D’un jour, l’autre ». Entretien com John Berger. Maison Européenne de la Photo/Editions du Seuil, Paris, 1998.

Ile aux confins de l’Europe. Editions Bentelli, Berne.

Martine Franck, Tory Island Images. Wolfhound Press, Dublin.

Henri Cartier-Bresson photographié par Martine Franck. Editions Franco Sciardelli Milan / FNAC Paris.

Martine Franck, photographies. Editions Claude Bernard, Paris, 2000.

Tibetan Tulkus: Images of Continuity photographs by Martine Franck. Anna Maria Rossi & Fabio Rossi Publications, Londres.

Martine Franck, photographe. Éditions des Musées de la Ville de Paris / Éditions Adam Biro, Paris, 2002.

Jean de La Fontaine ; d’après le spectacle de Robert Wilson à la Comédie-Française. Éditions Actes Sud, Arles, 2004.

I Grandi Fotografi Magnum Photos, Testimonianze e visioni del nostro tempo, Martine Franck. Hachette Fascicoli, Milan, 2005.

Augustin Cardenas photographié par Martine Franck. Éditions Franco Sciardelli, Milan, 2006.

Martine Franck. Collection Photo poche, N° 111. Editions Actes Sud, Arles, 2007.

Martine Franck. Editions Phaidon, Londres

Humanistic Eyes: Martine Franck. Kahitsukan, Kyoto Museum of Contemporary Art, 2008.

Women, Femmes. Editions Steidl / Chanel, Gottingen, 2010.

Martine Franck – Artistes venus d’ailleurs. Peintres et sculpteurs à Paris depuis 1945. Editions Imprimerie Nationale, Paris, 2011.

FILMES

What has happened to the American Indians, 1970.

Music at Aspen. Produção Viva Films, 1972.

En compagnie du Soleil. Produção Paris AudioVisuel AFFA, 1982.

Ecrire Contre l’oubli : Mamadou Bâ, Mauritanie. Realização Martine Franck e Henri Cartier-Bresson para Amnesty International, 1991.

Ariane et Compagnie. Realização Robert Delpire e Martine Franck, Produção La Sept-Arte/P.R.V. Béatrice Soulé, 1995.

Tory Island, No treasure Island. Produção Les petits frères des Pauvres. 1996.

Mille enfants vers l’an 2000. Produção Marion Aldighieri, 1997.

Famille Farova, 3 générations de femmes de la République Tchèque. Realização Olivier Koechlin e Martine Franck. Produção Alcatel, para exposição Eurovisions, 2005.

REFERÊNCIAS:

Aaron Sosa Photography

El País

Espaço F/508 de Fotografia

Fondation Henri Cartier Bresson

Magnum Photos

Slate

The Guardian

The New York Times

Time 1

Time 2

Women in Photography

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s