GERDA TARO

Gerda Taro, Paris, 1936

Gerda Taro (1910-1937) foi fotógrafa e jornalista alemã. Atuava em parceria com Friedmann, conhecido como Robert Capa. Registrou a Guerra Civil Espanhola sendo pioneira como fotojornalista mulher, entretanto teve seu trabalho reconhecido há pouco tempo. 

Filha de judeus, desde cedo Gerda lutou contra o nazismo. Devido ao fortalecimento do antissemitismo na Alemanha, ela se mudou para Paris com sua amiga Ruth Cerf e lá conheceu dois jovens fotógrafos: Andre Friedmann e David Seymour. 

Gerda e Friedmann se tornaram amigos. Ela começou a ajudar o fotógrafo húngaro a melhorar sua imagem para conseguir mais clientes; ele a ensinou fotografar. Os dois se apaixonaram. Em 1935, a dupla criou o personagem Robert Capa, um fotógrafo estrangeiro famoso. O intuito era dar mais credibilidade para as fotografias tiradas por Friedmann e, consequentemente, aumentar as vendasGerda tornou-se a agente de Robert Capa e Andre Friedmann a cara do personagem. A farsa foi descoberta, mas Capa continuou existindo.

Gerda morreu aos 26 anos. Ela fazia a cobertura da batalha de Brunete em 25 de julho de 1937 com o jornalista Ted Allan. Durante o bombardeamento, eles foram atropelados por tanque de guerra desgovernado.

Poucos fotógrafos registraram a Guerra Civil Espanhola, Gerda foi a única mulher, tornando-se pioneira como fotojornalista. Atualmente, muitas fotografias de Robert Capa suscitam dúvidas referentes ao crédito da imagem. Capa ou Gerda foram responsáveis pelo clique? 

Gerda começou a ter seu reconhecimento como uma fotógrafa separada da sombra de Capa em 2007 quando caixas de negativos com trabalhos de Taro, Capa e Chim chegaram ao International Photography Center. Desde então ela vem sendo cada vez mais estudada e reconhecida pelo seu trabalho.

Portão de entrada com barricada. Espanha, 1937

Portão de entrada com barricada. Espanha, 1937

Mulher se preparando para a formação de uma milícia republicana. Barcelona, 1936

Trabalhador em uma fábrica de munições. Espanha, 1937

Trabalhador em uma fábrica de munições. Espanha, 1937

 

taro_gerda_2002_1_5_415827_displaysize.jpg

Refugiados de Málaga. Espanha, 1937

Recrutamento e treinamento de pessoas. Espanha, 1937

Recrutamento e treinamento de pessoas. Espanha, 1937

taro_gerda_404_2002_457872_displaysize

Soldados na Batalha de Brunete. Espanha, 1937

Mulheres militares treinando na praia. Espanha, 1936.

Refugiados da Málaga. Espanha, 1937

capa_robert_602_1992_419030_displaysize

Mulheres militares em Barcelona. Espanha, 1936

taro_gerda_379_2002_410694_displaysize

Trabalhadores agricultores. Espanha, 1937.

taro_gerda_t_2007_28_407662_displaysize.jpg

Militares tocando instrumentos. Espanha, 1937

capa_robert_437_2003_410337_displaysizeAndre Friedmann. Espanha, 1937

Funeral do general. Espanha, 1937

Funeral do general. Espanha, 1937

taro_gerda_1007a_1992_427826_displaysize.jpg

Congresso Madrid. Espanha, 1937

taro_gerda_435_2002_461682_displaysize

Campo de batalha. Espanha, 1937

 

LIVROS SOBRE GERDA TARO

  • Esperando Robert Capa – Susana Fortes
  • Sangue e champanhe – Alex Kershaw
  • Gerda Taro – Irme Schaber
  • Gerda Taro: Inventing Robert Capa. – Jane Rogoyska

 

FILMES SOBRE GERDA TARO

  • Clouse Enough (em gravação)

 

REFERÊNCIAS

FORTES, Susana. Esperando Robert Capa. Barcelona, 2009.

NETO, Rodolfo Cavalheiro; RAMÍREZ, María Dolores Aybar. Robert Capa: espectador e coadjuvante nos conflitos de seu tempo. Londrina. 2009.

http://carladeconti.com/blog/?p=595

International Center of Photography (fotografias e legendas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s